sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Espontaneidade não significa falta de educação, por isso, ensine seus filhos a se comportar em sociedade desde cedo.


Etiqueta pode parecer coisa séria e sem graça, mas também é assunto de criança. Ensinar as regras de comportamento em sociedade tem, em alguns aspectos, a mesma função de colocar as crianças num curso de inglês ou computação: este tipo de aprendizado lhes dará ferramentas para poderem conviver melhor no mundo. Não quero dizer que uma criança deva se portar sempre como um adulto - bem educado, claro -  e perder toda a espontaneidade característica da infância. Mas espontaneidade não significa falta de educação, por isso, ensine as crianças a comportar-se em sociedade desde cedo.
O mundo mudou e, até para os adultos, as normas de etiqueta se tornaram muito mais flexíveis. A ideia é transmitir os princípios básicos de civilidade, incutir alguns bons hábitos e, por que não, ensinar as regras de Etiqueta. Fazendo tudo com muito jeito, você deixará as crianças naturalmente bem educadas e serão adultos mais seguros.