sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Espontaneidade não significa falta de educação, por isso, ensine seus filhos a se comportar em sociedade desde cedo.


Etiqueta pode parecer coisa séria e sem graça, mas também é assunto de criança. Ensinar as regras de comportamento em sociedade tem, em alguns aspectos, a mesma função de colocar as crianças num curso de inglês ou computação: este tipo de aprendizado lhes dará ferramentas para poderem conviver melhor no mundo. Não quero dizer que uma criança deva se portar sempre como um adulto - bem educado, claro -  e perder toda a espontaneidade característica da infância. Mas espontaneidade não significa falta de educação, por isso, ensine as crianças a comportar-se em sociedade desde cedo.
O mundo mudou e, até para os adultos, as normas de etiqueta se tornaram muito mais flexíveis. A ideia é transmitir os princípios básicos de civilidade, incutir alguns bons hábitos e, por que não, ensinar as regras de Etiqueta. Fazendo tudo com muito jeito, você deixará as crianças naturalmente bem educadas e serão adultos mais seguros.

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Dia Mundial do Sem Tabaco

Esta semana mesmo, almocei com duas amigas muito queridas.Paparicadas pelo atencioso Luan do Mekonk, prestigiando o cardápio do Rio Restaurant Week, passamos horas deliciosas.
Quando Marcela, louca  para fumar saiu, lembramos, eu e Quiva, hoje ex-fumantes, da primeira vez que experimentamos um cigarro.
Foi um Minister,  perigosamente furtado do maço do meu pai. Fumamos na janela do quarto e a Quiva jura que viu uma " mulher de cabeça quadrada ", tamanho deve ter sido o barato daquela primeira tragada.
Mas fumar naquela época era uma questão de atitude, personalidade, charme para as meninas e virilidade para os meninos. Agregava valor!
Hoje o diferencial é outro. Fumar passou a ser incomodo, deselegante e os valores, se podemos chamar assim, associados ao ato de fumar, são os piores possíveis.
Que me desculpem os adolescentes, mas atualmente começar a fumar  é burrice. Além de prejudicial à saúde, o cigarro não é mais elegante e charmoso e, segundo a Medicina, prejudica o desempenho sexual, também deixa as pessoas mal cheirosas e é um hábito que custa caro.
Ufa, se eu ainda fumasse já estaria sem folego!
Mas se você ainda não conseguiu largar este vício, lembre-se de que é responsável pelo ato de fumar, que não pode mais acender um cigarro a qualquer hora ou em qualquer lugar. Na rua, embora no Brasil não haja leis contra isto, considero que fumar é algo super deselegante, principalmente para as mulheres.
Se estiver na casa de alguém em que não tenha cinzeiros a vista o melhor será não fumar. E nem peça um!
Meu encontro com minha amigas foi maravilhoso, demos boas risadas, mas Tabagismo, é coisa séria.
Parei de fumar em 1986 e o Dia Mundial sem Tabaco foi instituído em 1987 pela ONU.
Marcela querida, espero que no próximo 31 de maio você já esteja livre deste mal, não que tenhamos que esperar mais um ano para um novo almoço, né?






sábado, 26 de maio de 2012

Cheias de Charme

Na onda da novela Cheias de Charme da Rede Globo, lembro que a Etiqueta também permeia as relações entre patrões e empregados.
Quando contratamos uma empregada doméstica devemos expor minunciosamente o funcionamento da casa e serviço a fazer; suas obrigações para com o trabalho e seus deveres para consigo mesma orientando-a para que se apresente sempre limpa, uniformizada, se for o caso, e calçada adequadamente.
Ensinar-lhe todas as regras de Etiqueta que regem a casa como atender a porta, ao telefone, servir a mesa, receber visitas e etc
Tratar salário e condições de pagamento - e ser pontual ao fazê-lo. Contratar para determinados serviços e acrescentar outros é abuso de boa fé e dará direito a reclamações.

domingo, 22 de abril de 2012

"Tudo o que fazemos à natureza, fazemos a nós mesmos" David Suzuki

Quem já parou para olhar para o céu à noite, tão cheio de estrelas, tão claro e brilhante? 
Ou observar como ele se rende ao nascer do sol, trazendo um novo dia.
Quantas vezes não percebemos os  magníficos mares e deixamos de ouvir  o som dos riachos, assim como deixamos de notar o por do sol e o brilho de uma  linda noite de luar.
Vamos aproveitar hoje, em que celebramos o Dia da Terra, para agradecer e louvar o nosso belo planeta e que ele ainda possa nos brinde com dias maravilhosos.
 O homem tem que deixar de ser o maior de todos os perigos para o planeta e se conscientizar que " tudo o que fazemos a natureza, fazemos a nós mesmos ".



terça-feira, 27 de março de 2012

Eu e Eu mesma

Resolvi aceitar o conselho de minha filha caçula e escrever também sobre meu dia-a-dia, atribuições e atribulações, enfim qualquer coisa que me venha a cabeça e que eu queira dividir com quem quiser me ouvir, ou melhor, ler aqui no blog. No final do ano passado, me presenteei com um mini gravador digital, tamanha a quantidade de assuntos que me vêm à cabeça e que depois, quando quero discorrer melhor sobre eles perco a minha linha de raciocínio. Sou muito assim, quando vejo algo na rua ou escuto uma notícia no radio ou na TV começo a conversar comigo mesma , mas  falo ou penso(?) muito rápido, não consigo acompanhar a velocidade com que as idéias vão aparecendo com papel e caneta. Aí escrevo cada garrancho que nem eu entendo depois ... Comecei revirando minha papelada, recortes de jornais e revistas, enfim meus alfarrábios, com a desculpa de encontrar um assunto pra começar e ao mesmo tempo colocar em ordem tanta papelada ... Aquelas coisas que a gente vai sempre deixando pra depois. Tento dividir, dar prioridades, e então aquela voz, aquele eu tagarela começa a falar novamente! - " Para, assim não dá.", digo pra mim mesma. Ou eu organizo a bagunça, ou corro pra pegar o gravador, ou pego qualquer pitoco de papel pela frente pra não perder meus preciosos pensamentos e argumentos. Sim, porque são  meus, apesar de ser a outra falando, esta outra sou eu! As vezes gostaria de trocar de lugar com Ela . Ela ou Eu é muito mais rápida, mais ousada, menos comedida, mas igualmente educada. Mas dá pra ser educada sem ser pateta e um meio retardada , né? Costumo dizer que este meu retardamento vem da incredibilidade com que me deparo quando vejo alguém agindo de forma absurda, inadequada ou mal educada. Xiii, já estou fugindo do assunto, desculpa do meu lado espertinho - e preguiçoso - para parar de tentar por em ordem a pequena bagunça, organizada em caixas super bonitinhas, coloridas e empilháveis. De uma coisa tenho certeza, assunto não vai faltar, estou louca para dividir com vocês tudo que venho guardando há muito tempo e pelo menos assim terá valido a pena juntar tanta coisa ...