segunda-feira, 31 de maio de 2010

Atitudes

            Foi realizada sexta-feira passada a 11ª Regata Ecológica da Escola Naval. Participaram, além dos aspirantes da escola, estudantes de colégios públicos e universitários totalizando 280 pessoas, distribuídas em 30 embarcações. Mais de 500 quilos de detritos foram retirados isto porque a corrente marítima não ajudou muito, deixando o lixo longe da costa. Costumo caminhar no aterro do Flamengo e me impressiona – e me entristece - muito o contraste da beleza da Baía de Guanabara com a imensa sujeira boiando no mar e depositada nas margens.
            Meus parabéns aos organizadores da gincana. Espero sinceramente que o evento estimule a sociedade para discussão de questões como a poluição e que as autoridades tomem mais e melhores providências.
            Atitudes sustentáveis nos são cobradas a cada dia mais e temos que passar a discutir isto com urgência.
            Como fazer para melhorar a qualidade de vida no seu bairro, cidade, país, na Terra?
            As nossas crianças estão sendo preparadas para contribuir com esta melhora?
Que exemplos nós damos aos nossos filhos?
            Pequenos gestos, adotados no dia-a-dia, podem levar a grandes mudanças se forem seguidos por todos nós. Por isso a importância de estimular as crianças desde a infância. Isto é atitude, não adianta só saber, mas vivenciar.       
            As atitudes traduzem uma estreita relação entre o nosso mundo interior e exterior, nos levam a um comportamento ideal no meio social. São tão importantes que ocupam um módulo inteiro da serie de lições de Etiqueta Social que aplico como consultora. Boas maneiras e atitudes apropriadas estão inseparavelmente ligadas. Assim podemos amenizar impactos desfavoráveis e tornar a convivência social cada vez mais civilizada.
            Em casa, no trabalho, andando pelas ruas, a batalha pela sustentabilidade é travada no nosso dia-a-dia promovida pela mudança de hábitos pessoais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante para a melhoria do conteúdo deste blog. Obrigada, M. de Li