sábado, 8 de maio de 2010

Dia das Mães


As necessidades do dia-a-dia muitas vezes afastam as mães de casa e fazem com que sejam cada vez mais raras as ocasiões em que podem transmitir através da rotina, dos exemplos e da educação, as regras de boas maneiras.
Sei como é difícil trabalhar fora e educar nossos filhos. Mas nós conseguimos. Às vezes surtamos em busca dos caminhos “ certos “, das  teorias da moda ou, simplesmente pensamos em jogar a toalha e deixar que  "Deus ajude".
Educar não é moldar a personalidade dos filhos assim como a Etiqueta não deve sufocar a espontaneidade. Educar é dar-lhes compreensão, carinho, amor,  respeito, é deixar que a criança seja criança.
As regras de Etiqueta são essenciais para a criação de uma base comum de entendimento da vida.
Acho que o desafio de ser mãe é justamente definir as regras saudáveis, é se colocar ao lado do bom senso. O princípio das boas maneiras só são regras porque são aceitas pelas pessoas que as seguem e que são unidas pelo sentimento de consciência de que vivem em sociedade. E vamos sempre lembrar que as mais simples normalmente são as melhores.
Termino com uma frase que guardei há muito tempo e sempre recorri a ela em momentos difíceis com as minhas filhas. Diz mais ou menos assim:
Mais importante do que ensinar as regras é ensinar o momento certo de quebrá-las. 
Etiqueta também é isto.
Feliz Dia das Mães!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, ele é importante para a melhoria do conteúdo deste blog. Obrigada, M. de Li